sexta-feira, 18 de março de 2011

A dor que um dia me fez fraca, hoje me tornou forte. Olhar para o passado e saber que valeu a pena é um passo para seguir em frente. Eu sei que terá dias que serão piores sem você aqui, mas está na hora de crescer e te esquecer.
Eu guardarei nossas memórias em um lugar que não cause mais dor. Você foi luz e proteção, mas está na hora de você fazer bem para outro alguém.
Um dia sentaremos na varanda e riremos de tudo o que passamos juntos, mas agora eu lhe digo adeus com lágrimas nos olhos.
Não digo que amanhã já não sentirei mais nada, é complicado demais deixar para trás um grande amor como você. Eu vencerei todo dia o hábito de você, o hábito de tentar saber como vai sua vida. Cansei de sofrer com nossas possibilidades, e então vejo que o melhor é encontrarmos outras pessoas para nossas vidas.
Vai doer ver suas fotos com outras pessoas e não ser mais parte daquilo, vai doer saber que você não vai ligar e me dizer boa noite. Mas acordar todo dia com a incerteza de você não é saúdavel. Então seguirei em frente, o farei por mim. Eu sempre sentirei sua falta.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Cada dia que passa eu tenho a certeza que o amor não é para mim. É incrível como eu sempre me apaixono pelo cara errado, como sempre acabo em algo que não vai levar em nada. Eu queria saber meu problema realmente.
O amor parece tão simples para a maioria das pessoas, e casais que nasceram para ficar juntos ficam. Mas comigo, o cupido parece pregar uma peça. Talvez eu não mereça o tal do foram felizes, nem precisava ser para sempre.
Parece que quanto mais eu amo uma pessoa mais eu consigo afastá-la de mim. Falta-me capacidade de construir algo permanente, falta palavras para dizer o quanto alguém é importante para mim.
Talvez o amor seja apenas para aquelas histórias de televisão e livros, ou até mesmo o amor seja um jogo de azar que eu não sei jogar.