sábado, 17 de julho de 2010

If you back

Eu gosto tanto do seu sorriso, do jeitinho que seus olhos piscam, da maneira que você me faz sentir viva de novo... já não me importo de ficar envolvida em seus laços; trancada em seu mundo, tenho que confessar que gosto disso, e isso me mantem lucida de uma certa maneira. Fique mais uns minutinhos, ainda é cedo e eu ainda sinto sua falta, sinto falta do teu cheiro, da tua risada, do timbre da sua voz que faz meu coração colar todos os pedaços...
Deixe eu me deitar no conforto de seus braços novamente, sentir teu calor, ouvir as batidas do teu coração e me fazer feliz denovo.

Apelo

Foi muita pretensão minha achar que você voltaria. Eu tenho que entender que você se foi e talvez nem irar voltar, acabou.
Eu só não consigo ver um ponto final pra nossa história, sempre que procuro um recurso ortográfico me deparo com vírgulas, pontos de interrogação, mas nada do ponto final.
Ponto final cadê você? Por que você insiste em sumir de mim?
Eu esperava que você voltasse, mas se tornou inútil, em andei comendo minhas unhas, andei chorando até dormir, mas você não voltou e não vai voltar...
Só peço o favor de devolver as migalhas do meu coração, talvez quem saiba depois muitos anos, eu consiga junta-las novamente entregar pra alguém que vai cuidar delas com carinho. E as lagrimas que você arrancou de mim? Bom, essas você pode ficar... elas só surgiram por sua causa, então, elas serão sua propriedade pra você lembrar da dor que me causou.
Tchau, eu não te espero mais!

Apresentação

eu tentava sempre ser uma pessoa melhor, amar melhor as pessoas , ser mais feliz perto de outras pessoas , até que eu um dia eu deparei comigo mesmo. Quem eu realmente quero ser? eu quero ser aquela menina que pode demonstrar que é fraca , que chora pelo simples fato de querer chorar , eu quero gritar de saudade , ficar dias afundada na minha cama tentando achar um lugar dentro da minha própria vida onde seja seguro pra mim, eu não quero falar sobre minha dor, ela doi demais pra alguém chegar e piora- la ainda mais. Eu queria ter menos vergonha , eu queria ter coragem de dizer eu te amo denovo e ouvir isso da pessoa também. E queria também parar de fingir sempre que eu sou forte, que eu sou 'inteligente' , eu queria que as pessoas aceitasem uma nova eu sem comparar o que eu fui ou jogar na minha cara quem eu queria ser.
Os meus erros já me culpam demais , eu não preciso de mais ninguém na minha vida pra dizer que eu fui burra , que eu tenho que ser diferente , mas que o diferente se encaixe nesses esteriótipos ridículos da sociedade.
Eu só quero ser esse quebra- cabeça ambulante, errar e pela primeira vez ser feliz como eu sou. E você?