sábado, 17 de julho de 2010

Apelo

Foi muita pretensão minha achar que você voltaria. Eu tenho que entender que você se foi e talvez nem irar voltar, acabou.
Eu só não consigo ver um ponto final pra nossa história, sempre que procuro um recurso ortográfico me deparo com vírgulas, pontos de interrogação, mas nada do ponto final.
Ponto final cadê você? Por que você insiste em sumir de mim?
Eu esperava que você voltasse, mas se tornou inútil, em andei comendo minhas unhas, andei chorando até dormir, mas você não voltou e não vai voltar...
Só peço o favor de devolver as migalhas do meu coração, talvez quem saiba depois muitos anos, eu consiga junta-las novamente entregar pra alguém que vai cuidar delas com carinho. E as lagrimas que você arrancou de mim? Bom, essas você pode ficar... elas só surgiram por sua causa, então, elas serão sua propriedade pra você lembrar da dor que me causou.
Tchau, eu não te espero mais!

Nenhum comentário: