quinta-feira, 14 de julho de 2011

Em meio toda essa bagunça do meu coração, eu decidi tentar explicar para alguém o quanto eu gosto dele. Talvez seja porque quando ele me abraça, o mundo parece estar fluindo na mais perfeita ordem. Ou seja pela voz, que com qualquer coisa boba e cotidiana me faz rir.


Eu realmente não sei o que ele tem que me faz pedir toda noite que um dia, ele fique eternamente em meus braços. Então, com aquele sorriso meigo, eu acho força para lutar por todos os meus sonhos. Se um dia eu achar um meio, eu quero acordar desse sonho.

Posso chorar e sofrer, mas basta um abraço para tudo ficar bem. Diga-me, apenas diga como deixar seu mundo ir embora sem ao derramar algumas lágrimas? Como não sentir o vazio que se espalha enquanto seus braços imploram por mais dez segundos?

Amá-lo é irracional, mas o que eu posso fazer? É cada célula do me corpo que se agita quando eu o vejo. Por isso, é difícil seguir em frente do meu melhor sono, aquele que desejava nunca acabar.

2 comentários:

Henrique disse...

Nossinhora ein ç_ç
TODOS CHORA com essas palavras
Aposto que todos se reconhecem no que você escreveu, infelizmente, haha.
Amei u_u'
tchamo <3'

amanda vieira disse...

oun meu lindo, que bom que você gostou *u*
isso nem iria vir para o blog, mas acabou aqui u.u HUGUHA
infelizmente é verdade D:
te amo <3